• Opusflex

Como harmonizar a paleta de cores na decoração do escritório

Sabe quando um ambiente te desperta algum tipo de sensação? Seja ele de acolhimento, energia, impeto, calma, ou até mesmo sentimentos ruins como irritação ou repulsa? Você já parou para pensar, no motivo ? Pois é, pode ter certeza que as cores utilizadas na decoração estão influenciando na sua percepção e estado de espírito.


Mas afinal, porque isso acontece?

Temos como controlar, isso através da decoração?

O que a "paleta de cores", tem haver com isso?


Eu já escrevi uma série de post's sobre as possíveis técnicas de harmonização, bem como, sobre a "teoria das cores", e sua influência na percepção do ambiente. Vou referencia-los no final desta matéria.


Abaixo, vou passar os 6 passos que utilizo para definir as cores, nos projetos aqui da Opusflex:


  1. Definir o "espirito" do ambiente

  2. Buscar imagens de referência que agradem o cliente

  3. Extrair a paleta de cores, das imagens

  4. Definir o tipo de contraste, harmonização que queremos aplicar

  5. Aplicar as cores "base" e os contrastes, dentro do circulo de cores

  6. Escolher os materiais, com base nas opções dos fabricantes e cores resultantes da harmonização


Passo 01 - Definir o "espirito" do ambiente:


Este passo, consiste em verificar junto ao cliente, qual é o sentimento que ele deseja comunicar. Um bom começo, quando tratamos de projetos corporativos, é dar uma "espiada" no logo da empresa. Através dele, podemos extrair informações relevantes como, os valores e a dinâmica, como um todo da empresa.

Tente recordar de alguns logotipos de companhias relacionadas a área da saúde, como hospitais e convênios:

Tenho certeza, que as cores verde claro, azul celeste, branco e tons pastéis vieram à sua mente, não foi mesmo? Agora de uma rápida pesquisada no Google imagens, em "logotipos de planos de saúde" e "ambientes de saúde". E ai, encontrou semelhança nas cores? Se você leu o meu post sobre a teoria das cores, vai observar que elas estão associadas à sentimentos, como: Cura, esterilidade, esperança, etc...


Passo 02 - Buscar imagens de referência, que agradem ao cliente:

Nesta fase, apresentamos, e ou, solicitamos ao cliente imagens de ambientes, dos quais eles gostem ,para utilizarmos como "inspiração" no projeto. Com isso, teremos uma boa diretriz, do conjunto das cores que agradam o nosso cliente.

Ok, mas e agora, eu simplesmente vou "clonar" o escritório da foto? Calma, para isso que tem o passo 03!


Passo 03 - Extrair a paleta de cores das imagens:


Tem gente, que possui uma habilidade sobre humana de captar as cores de um ambiente e facilmente identificar onde elas estão no círculo de cores. Eu chamo isso de "olho-pantone".

Infelizmente, este não é o meu caso.

Se você é um mero mortal como eu, não se desespere e dá uma olhada neste site que eu vou te indicar agora:


https://color.adobe.com/pt/create/color-wheel


Neste site, você pode fazer o "upload" da imagem, e o site faz uma "decupagem invertida" das cores, e as classifica dentro do círculo cromático.



Ferramenta da Adobe, que analisa as cores e devolve os códigos pantone de um arquivo de imagem
Extração das cores da fotografia

Passo 04 - Definir o tipo de contraste, harmonização que queremos aplicar


Neste passo, você vai definir o método de harmonização de acordo com as suas intenções, como mais ou menos contraste, utilização de cores análogas ou antagônicas cores complementares ou não, etc... Não vou me alongar muito neste tópico, porque eu já escrevi um post, para cada técnica. Dá uma "rolada" na time line, que vale a pena, estudar cada uma delas, bem como suas diferentes intenções.



Exemplo de um dos tipos de harmonização de cores, utilizando o círculo cromático
Harmonização da paleta de cores

Passo 05 - Aplicar as cores "base" e os contrastes, dentro do circulo de cores


Agora que você já deu uma olhada nos meus post's sobre as várias técnicas de harmonização das cores, já podemos ir para o último e mais divertido passo:

Não olhou ainda os post's mais antigos? Esta é a sua última chance, dá uma pausa na leitura, vai lá e volta voando....rsrsrsrs...


Passo 06 - Escolher os materiais, com base nas opções dos fabricantes e cores resultantes da harmonização


Agora vem a melhor parte. Como já sabemos a base de cores que iremos trabalhar, está na hora de escolher os materiais que serão utilizados nos revestimentos, pisos, madeiras, ferragens, paredes, tecidos, etc... Para isso, o que eu mais indico, é colocar as amostras em cima da bancada, e mergulhar de cabeça no "Momento Montessoriano", sentindo todas as cores, texturas, brilhos e porque não, os cheiros.



Amostras de materiais e revestimentos para ajudar na escolha das cores
Amostras de materiais e revestimentos

Pronto! Agora é só montar o memorial técnico do projeto e mãos à obra!


Se você, assim como eu, acredita que uma ajuda profissional na escolha das cores dos móveis é importante.

Entre em contato com a Opusflex, na sua próxima compra de mobiliário corporativo!


58 visualizações0 comentário